terça-feira, 3 de agosto de 2010

Emirados Árabes Unidos proíbem BlackBerry

Por conta de problemas “judiciais, sociais e de interesses de segurança nacional” os Emirados Árabes Unidos anunciaram que pretendem proibir o uso de alguns serviços dos smartphones Blackberry em suas terras a partir do próximo mês de outubro.

Apesar da empresa Research In Motion ser de origem canadense, o caso provocou alguma comoção no governo norte-americano, com direito da secretária de estado Hillary Clinton vir a público para afirmar que a situação é “preocupante”. “Iremos esclarecer os motivos dos EAU, mas de qualquer maneira este caso abre um precedente perigoso”, afirmou PJ Crowley, porta-voz do Departamento de Estado do governo dos Estados Unidos. “Nossa visão é que deve-se abrir as sociedades para este tipo de tecnologia para se dar maior poder às pessoas”, completou.

No ano passado o governo sediado em Abhu Dhabi determinou que todos os usuários de aparelhos da Research In Motion deveriam instalar um software em seus aparelhos para que o governo pudesse monitorar suas informações privadas. “Além dos negócios da companhia ocidental a determinação também deverá ser um problema para os cerca de 100 mil turistas de chegam ao país todos os dias”, lembra o jornal The Telegraph.
Estranhamente, não há qualquer sinal de que a proibição se aplique a aparelhos produzidos por outras companhias, como Apple, Nokia ou Motorola, por exemplo.

fonte:
tecnoblog.net

0 comentários:

Postar um comentário